15 de dezembro de 2017

Carro da PM e caminhão batem na RN-079; soldado morre e outro fica ferido

Um policial morreu e outro ficou ferido em acidente na RN-079, entre Alexandria e Pau dos Ferros, RN (Foto: PM/Divulgação)

Um policial morreu e outro ficou ferido em um acidente que aconteceu na manhã desta sexta-feira (15) na RN-079, entre os municípios de Pau dos Ferros e Alexandria, região Oeste potiguar. O carro do Grupo Tático-Operacional da PM e um caminhão-baú bateram e a viatura capotou.
De acordo com o major Inácio Brilhante, comandante da Companhia da PM em Alexandria, o acidente aconteceu por volta das 7h30. A equipe seguia para Pau dos Ferros. O soldado Matias morreu no local do acidente. Outro colega dele foi socorrido ao hospital de Pau dos Ferros.

Operações combatem tráfico de drogas e homicídios em Santa Cruz e São José de Mipibu, RN

Em Santa Cruz, na região Trairi, operação 'Morro da Aranha' cumpriu vários mandados de prisão (Foto: Édipo Natan)
Policiais civis e militares de várias regiões do Rio Grande do Norte participam, na manhã desta sexta-feira (15), de duas operações de combate ao tráfico de drogas e crimes de homicídio no estado.
Em Santa Cruz, na região Trairi, foi realizada a operação 'Morro da Aranha', com pelo menos oito pessoas presas. Já em São José de Mipibu, na Grande Natal, foi deflagrada mais uma fase da operação 'Arecê', com cinco presos até o momento. A palavra Arecê vem da língua tupi-guarani e significa amanhecer.
Em Santa Cruz, operação 'Morro da Aranha' mobiliza policiais civis e militares de várias regiões e movimentação é intensa na cidade (Foto: Édipo Natan)Em Santa Cruz, operação 'Morro da Aranha' mobiliza policiais civis e militares de várias regiões e movimentação é intensa na cidade (Foto: Édipo Natan)Em Santa Cruz, operação 'Morro da Aranha' mobiliza policiais civis e militares de várias regiões e movimentação é intensa na cidade (Foto: Édipo Natan)
Em ambas as operações estão sendo cumpridos mandados de prisão, busca e apreensão. Além dos 13 presos até então, também foram apreendidas armas de fogo e drogas.

Potiguares apontam segurança como maior problema do RN, diz pesquisa Fiern


O presidente do Sistema FIERN, Amaro Sales de Araújo, divulgou nesta quinta-feira, 15, durante reunião da Diretoria da Federação das Indústrias, na Casa da Indústria, pesquisa de opinião pública elaborada pela Consult Pesquisa.
Realizada no período compreendido entre 02 de dezembro e 07 de dezembro, o levantamento entrevistou 1.700 pessoas e abrangeu todo o Estado do Rio Grande do Norte, e segundo o presidente Amaro Sales de Araújo, é uma prestação de serviço que FIERN presta aos industriais e à sociedade potiguar neste ano pré-eleitoral.


Os entrevistados apontaram como os maiores problemas do Rio Grande do Norte a “Segurança/Violência/Falta de Policiamento” (39,8%), “Saúde/Greve na Saúde/ Falta Remédios e Médicos” (20,5%), “Água” (10,8%) e “Desemprego” (8,4%).
Dividida em duas partes, uma administrativa e outra política, a pesquisa ouviu os potiguares sobre quais são os maiores problemas do RN; iniciativas mais importantes a serem trabalhadas pelo setor público; índices de aprovação do presidente Michel Temer e do governador Robinson Faria; e as preferências dos eleitores para o Governo do Estado e Senado em 2018.

Operação contra facções rivais de tráfico de drogas prende suspeitos em Belem e Guarabira

Uma operação conjunta deflagrada pelas Polícias Civil e Militar nas primeiras horas desta quinta-feira (14) para combater facções de tráfico de drogas na região do Agreste da Paraíba. Até as 7h30 (horário local), pelo menos oito pessoas tinham sido presas suspeitas de integrarem duas facções criminosas rivais nas cidades de Guarabira e Belém.
Ainda de acordo com a Polícia Civil e Militar, os presos são suspeitos de cometerem tentativas de homicídios pela disputa pelo tráfico de drogas na região. Não foi informado pela polícia se as prisões foram sob força de mandado ou se foram feitas em flagrante.
Além das prisões dos membros das duas organizações criminosas, foram apreendidos um carro e uma espingarda. Os suspeitos e o material recolhido na operação foram encaminhados para delegacia de Guarabira.

Operação em Pilar

Outras quatro pessoas foram presas na madrugada desta quinta-feira (14) em uma outra operação da Polícia Civil na cidade de Pilar, a cerca de 55 km de João Pessoa, na Zona da Mata paraibana. Foram apreendidas quatro pistolas, munições, maconha e uma balança de precisão. Os presos são suspeitos de homicídios, roubos e tráfico de drogas.
G1

14 de dezembro de 2017

Homem sem cabeça é encontrado no Bom Pastor

O corpo de um homem foi encontrado sem cabeça, na manhã desta quinta-feira (14), na rua Percival Caldas, no bairro Bom Pastor, zona Oeste de Natal. A vítima que apresentava uma documentação com o nome de Clécio Baracho da Silva, de 31 anos pode ter sido morta durante a madrugada, moradores ouviram tiros na região.
De acordo com a perícia do ITEP ( Instituto Técnico e Científico de Perícia) o corpo apresentava vários sinais de violência provocados por arma branca e tiros. Mesmo após buscas realizadas pela polícia no local a cabeça do homem não foi encontrada.
Segundo alguns moradores da rua onde foi encontrado o corpo tiros foram ouvidos por volta das 3h, mas ninguém saiu de casa para saber o que tinha acontecido por causa do medo que impera na região. Familiares do homem estiveram no cenário do assassinato, reconheceram o corpo como sendo de Clécio, mas não quiseram comentar o assunto. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios.

Consumidor poderá se inscrever em cadastro para não receber ligação de telemarketing

Ligações insistentes de telemarketing, em que atendentes tentam vender um produto ou serviço, estão entre os fatos que mais irritam os consumidores e geram inúmeras reclamações diárias para órgãos de defesa. Empresas podem ficar proibidas de ligar para o consumidor caso se torne lei o PLS 420/2017, aprovado em decisão final nesta quarta-feira (13) pela Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC).
Conforme o texto aprovado, órgãos públicos de defesa do consumidor deverão disponibilizar um sistema pelo qual o consumidor que não deseja mais receber chamadas de telemarketing pode se inscrever no cadastro. Para isso, basta que ele procure o serviço e liste os números de telefone, fixo ou celular, de sua titularidade.
Em alguns estados como São Paulo, Minas Gerais e Paraná, onde há lei estadual prevendo esse direito ao consumidor, já existem serviços semelhantes.
A proposta foi apresentada pelo senador Lasier Martins (PSD-RS), mas a redação aprovada é do relator, Cidinho Santos (PR-MT). Em vez de um caráter negativo, Lasier propunha um cadastro positivo. Ele sugeria que fosse permitido às empresas ligar apenas para os consumidores se o número de telefone dele, fixo ou móvel, estivesse cadastrado, por sua iniciativa, em uma lista na qual ficaria claro que ele aceita receber ligações de telemarketing.
“O cadastro positivo pode não corresponder à efetiva vontade do consumidor, que pode até ter interesse em algumas ofertas, às quais não terá acesso por desconhecer a vedação de recebimento de chamadas por quem não as autorizar previamente”, argumento Cidinho Santos ao alterar o projeto por meio de emenda.
O relator também fez outras mudanças no texto. Uma delas é a previsão de que a inclusão do telefone no cadastro ocorra sem custos para o consumidor. Também definiu que os órgãos públicos de defesa do consumidor implantarão o cadastro telefônico de proibição de oferta no prazo de 90 dias a partir da vigência da lei.
Ao apresentar o projeto, Lasier Martins afirmou que a ideia é possibilitar ao consumidor se prevenir e se defender contra as inúmeras ligações de telemarketing em sua residência, muitas das quais nem sequer se completam no momento em que ele atende.
Além disso, segundo o autor, mesmo para as ligações que se completam, é uma invasão da intimidade e um aborrecimento para as pessoas atender a telefonemas de empresas que querem oferecer produtos nos quais o consumidor não está interessado.
Caso não haja recurso para votação em Plenário, o texto seguirá para a Câmara dos Deputados.


bg.com.br/#ixzz51EjEjl5s

Homem é morto a tiros na zona rural de Espírito Santo, RN

Um jovem de aproximadamente 30 anos de idade, de nome Geraldo Júnior da Silva, mais conhecido por Júnior de Geraldo Motorista, foi encontrado morto com tiros no rosto e cabeça na manhã desta quarta-feira, 13 de Dezembro, no Sítio Poção de Baixo, distante a 2 quilômetros da cidade.

Segundo relatos de moradores, na noite de ontem por volta das 21:00hs foi ouvido barulho de vários tiros, e às 4:30hs da manhã de hoje quando um morador foi pegar capim para os animais, encontrou o corpo em um cercado próximo a estrada entre os Sítios Poção e Jardim.

Polícia prende no RN suspeitos de roubos a bancos e tráfico de drogas na Paraíba

Trio foi preso em granja na zona rural de São José de Mipibu, na Grande Natal. Local havia sido usado por quadrilha desarticulada em 2016.

Veículo apreendido com trio preso nesta terça (12) na Grande Natal (Foto: Polícia Civil/Divulgação )
A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu nesta terça-feira (12) três homens suspeitos de fazerem parte de um grupo especializado em assaltos a bancos e tráfico de drogas na Paraíba.
De acordo com a Deicor, os suspeitos foram identificados como José Martins da Silva, de 41 anos, José dos Santos Alves, de 30 e Luiz José Mendes Nogueira, o Ceará, de 52 anos de idade. Eles foram presos em uma granja na zona rural de São José de Mipibu, na Grande Natal. Com o trio, a polícia apreendeu um veiculo Gol roubado e com placas clonadas.
De acordo com o delegado Odilon Teodósio, que comanda a Deicor, o local da prisão é o mesmo usado pela quadrilha de um criminoso conhecido pelo apelido de “Curau” para armazenar material como explosivos e armas. Este grupo foi desarticulado em dezembro de 2016, e na ação uma dupla foi presa e cinco homens morreram, dentre eles "Curau".
Ainda de acordo com a Deicor, o trio preso nesta terça (12) foi enviado ao Rio Grande do Norte para se apossar da área, que servia de base para o grupo criminoso. Além disso, a quadrilha estava sendo atentida por um advogado, que vinha defendendo outros crimonosos do grupo junto à Justiça de São José de Mipibu.
A Deicor também descobriu que “Ceará”, preso nesta terça-feira (12), é irmão de um dos donos da granja, identificado como Dirlando Coelho da Silva, o Jogador ou Bila. Além disso, a polícia investiga a ligação entre ceará e Cláudio Henrique Costa, conhecido como Aleijado, que foi preso no dia 30 de novembro deste ano e apontado como líder do tráfico de drogas no bairro Emaús, em Parnamirim, na Região Metropolitana da capital.
Segundo a polícia, os três homens presos vão responder pelos crimes de associação criminosa, receptação de veículo e adulteração de sinal identificador de veículos. Ainda de acordo com o delegado Odion Teodósio, o advogado que está atendendo os suspeitos foi ouvido e pode ser indiciado.

Mais duas agências bancárias são explodidas na Paraíba em menos de 24 horas

Duas agências bancárias tiveram caixas eletrônicos explodidos nas cidades de São João do Cariri e Puxinanã, no Agreste paraibano, na madrugada desta quinta-feira (14). Em um dos casos os suspeitos entraram em confronto com a Polícia Militar. Na outra, a casa vizinha a agência ficou com a estrutura da casa comprometida.
O primeiro ataque ocorreu por volta de 1h30, na cidade de São João do Cariri. Segundo a Polícia Militar, cerca de seis homens que estavam em uma caminhoneta explodiram o único caixa de um banco privado. Nessa ocorrência, depois da explosão os suspeitos foram surpreendidos pela chegada da Polícia Militar. Houve confronto, mas a viatura acabou ficando com o pneu furado na perseguição.
Já na cidade de Puxinanã, um grupo fortemente armado explodiu um caixa eletrônico de um correspondente bancário. A explosão foi tão forte que chegou a danificar parte da parede da casa de uma moradora vizinha. A explosão ao caixa em Puxinanã ocorreu três dias após o serviço voltar a funcionar. Há dois anos a cidade estava sem o caixa eletrônico depois de uma explosão.
De acordo com o Sindicato dos Bancários da Paraíba, este ano já ocorreram 72 casos de violência contra estabelecimentos bancários no estado. Entre os casos, são 52 explosões, dois assaltos, 13 arrombamentos e cinco tentativas.

13 de dezembro de 2017

TCU aprova socorro financeiro e governo deve liberar recursos para RN quitar folha de pessoal

O Tribunal de Contas da União (TCU) decidiu que a União pode fazer transferências extraordinárias para estados e municípios quando houver grave crise fiscal ou financeira a ponto de comprometer serviços como saúde, segurança e educação.
A decisão foi tomada mediante consulta do Ministério do Planejamento ao TCU sobre o socorro financeiro que o governo deve fazer ao Rio Grande do Norte.
O Planalto agora aguardará a publicação do acórdão do julgamento, o que ocorrerá em dois dias, para editar medida provisória determinando a imediata transferência dos recursos.

Por Previdência, Temer anuncia liberação de R$ 2 bi para prefeituras

Em busca de apoio para aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer anunciou, nesta quarta-feira, a liberação de um auxílio financeiro de R$ 2 bilhões ainda neste mês para os municípios brasileiros. Em evento no Palácio do Planalto, Temer pediu que prefeitos conversem com parlamentares e expliquem a relevância da reforma e os efeitos positivos que ela terá na economia.
— Eu peço para que os senhores, a partir de agora, com a façam contatos com colegas deputados e senadores e digam: “olha, a sociedade quer e precisa disso”. Eu peço isso com muito empenho — disse, prometendo mais ajuda às prefeituras.
Temer classificou de “mediana” a proposta que tramita na Câmara dos Deputados e previu que, em dez anos, quem estiver presidindo o país terá de considerar uma revisão na regra de transição da idade mínima de aposentadoria prevista no texto. O presidente afirmou ainda temer que uma eventual não aprovação da reforma da Previdência gerará uma reação negativa na economia brasileira. Ao mesmo tempo afirmou que, se a medida receber o aval dos parlamentares, o Brasil “dará um salto”.
— Eu temo que se, nós não conseguimos aprovar a reforma previdenciária, a economia responda negativamente e isso não bom para o país — afirmou o presidente.
A votação da reforma está prevista para a próxima terça-feira, mas Temer já afirmou que, se o Planalto sentir ter os 308 votos suficientes, a ideia do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é de marcar uma nova data para fevereiro. No evento desta quarta-feira, o presidente afirmou que não sabe se votará a reforma “agora” e que é preciso ver os votos.
— Não sabemos se vamos votar a Previdência agora, vamos ver os votos — afirmou durante o discurso.
O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, afirmou que as prefeituras não está “se vendendo” pela reforma, mas que é “obrigação” dos gestores apoiar a proposta.
— Alguém está dizendo que os municípios estão se vendendo, isso não é verdade. Nós aceitamos porque o Brasil é uma Federação. É obrigação do gestor apoiar a reforma da Previdência, em nome do cidadão brasileiro — disse Ziulkoski.
Como estratégia para pressionar os prefeitos a influenciarem deputados na Câmara para que eles votem em favor das mudanças nas regras de aposentadoria, o governo já prometeu liberar mais R$ 3 bilhões a municípios em 2018, caso a reforma seja aprovada.
O Globo

Temer: se não tiver votos, Votação da reforma da Previdência ficará para fevereiro

O presidente Michel Temer admitiu que, se o governo não tiver os 308 votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que altera as regras para se aposentar no Brasil ficará para fevereiro.
Em almoço oferecido ao presidente da Macedônia Gjorge Ivanov, Temer confirmou que a discussão sobre o texto começará nesta quinta-feira, 14, na Câmara dos Deputados. Segundo ele, o governo vai avaliar até segunda-feira, 18, se tem a quantidade mínima de votos necessários para aprovar a proposta. Caso contrário, as discussões serão encerradas na Câmara e a votação ficará para fevereiro de 2018. “Em outro cenário”, afirmou.
O presidente disse que, até segunda-feira, não haverá decisão se a PEC será votada no plenário. “A não ser que na quinta-feira tenha uma avalancha de votos”, afirmou. Ele afirmou que o texto não será votado sem a garantia de vitória. “Não se submete os deputados a esse constrangimento. Tendo os votos necessários, acredito ser possível.”
“Entre quinta-feira e segunda ou terça se verifica: se tiver os 308, vai a voto agora. Caso contrário, se espera o retorno em fevereiro e marca-se a data em fevereiro”, reforçou o presidente ao deixar o almoço no Palácio do Itamaraty.
Temer repetiu que o governo está “esclarecendo vários pontos” em relação à reforma, reforçou que haverá uma regra de transição para a idade mínima e numa tentativa de conquistar mais adeptos à proposta disse que “aqueles que ganham mais também não perdem”
O presidente exemplificou casos de funcionários públicos que ganham acima do teto do INSS que terão que optar por uma previdência complementar para pode se aposentar pela totalidade do benefício. “Se ele ganhar R$ 30 mil ele vai ter que pagar R$ 600 por mês para se aposentar na totalidade, isso já ocorre na União”, afirmou.
Empresários
O presidente citou a reportagem desta terça-feira do jornal “O Estado de S. Paulo” que mostra que representantes do setor da construção estão indo a casas de parlamentares para angariar apoio à reforma como exemplo do apoio das entidades patronais às mudanças.
Temer afirmou que a reforma da previdência vai ajudar as contas dos Estados e municípios e ressaltou que “várias associações, dos mais diversos setores” estão apoiando a reforma e que ela tem que ser feita “já”.
Com o intuito de mostrar o apoio dos empresários à proposta, o presidente resolveu transformar em um evento a reunião agendada para as 17h30 desta terça no Palácio do Planalto. A expectativa é que cerca de 150 empresários compareçam à reunião que, segundo fontes, tem como objetivo basicamente defender a reforma da Previdência.
Nesta terça cedo, Temer já participou de evento com empresários do agronegócio na CNA e fez uma cobrança por argumentos dos deputados que justifiquem um voto contrário a reforma.

Com milhares de garrafas pet, município do RN faz decoração natalina

Em Riacho da Cruz, comunidade e secretarias desenvolvem o projeto "Natal Encantado" que, além da ornamentação sustentável, conta com apresentações culturais e trenó do Papai Noel.

Boneco de neve feito com garrafas pets em Riacho da Cruz (Foto: Jaldesmar Costa )
O município de Riacho da Cruz, na região Oeste potiguar, reutilizou milhares de garrafas pet para decoração natalina da cidade. O projeto, que se chama "Natal Encantado", está em sua quarta edição e envolve comunidade e diversas secretarias.
Bonecos de neve, velas, flores e demais enfeites natalinos foram produzidos com a reutilização das garrafas. O secretário de Saúde do município, Emistocles Lucena, colaborador do projeto, disse que todos da cidade se envolveram de alguma forma para desenvolver uma decoração sustentável, inclusive outros secretários, como o de Agricultura, que coordena o "Natal Encantado".
Para a prefeita da cidade, Bernadete Rêgo (DEM), o evento vem crescendo a cada ano e diversas associações fazem parte. "O grupo de mulheres fica responsável por cortar e dar forma às garrafas, já os idosos pintam, tendo em vista que é uma atividade mais leve", disse ela. Ainda de acordo com a prefeita, campanhas são realizadas nas escolas e nos bairros do município para a aquisição do material.
Além da decoração, o "Natal Encantado" conta com apresentações culturais, como grupos de corais, bandas filarmónicas e peças teatrais. Também tem o passeio de trenó com o Papai Noel. O evento ocorre aos finais de semana, até o dia 26, a partir das 19h30.
Velas feitas com reutilização de garrafas pet no interior potiguar (Foto: Jaldesmar Costa )Velas feitas com reutilização de garrafas pet no interior potiguar (Foto: Jaldesmar Costa )Velas feitas com reutilização de garrafas pet no interior potiguar (Foto: Jaldesmar Costa )

Madrugada de terror: bando armado explode agência dos Correios e troca tiros com a polícia na Paraíba

Moradores da cidade de Mataraca no Litoral Norte do Estado passaram por momentos de terror e medo durante a madrugada desta quarta-feira (13) quando cerca de dez homens fortemente armados invadiram a cidade.
O bando arrombou a agência dos Correios e Telégrafos da cidade e depois fugiu atirando para todos os lados. De acordo com a polícia, a intenção da quadrilha era explodir uma agência bancária, mas não deu tempo.
A Polícia Militar foram acionada e fez o cerco ao bando. Houve confronto e uma intensa troca de tiros. Ainda assim, os suspeitos conseguiram fugir em direção a Barra de Camaratuba.
Ainda segundo a polícia,  embora eles tenham conseguido explodir a agência dos Correios, a PM frustrou a ação criminosa contra o posto de atendimento do Bradesco. A quadrilha fugiu sem levar nenhum dinheiro, conforme revelou um militar.

Quadrilha é presa com 30 mil peças de roupas, drogas e carros adulterados na Paraíba

Uma quadrilha suspeita de roubo, receptação, tráfico de drogas e adulteração de veículos foi presa em flagrante na cidade de Campina Grande, nesta terça terça-feira (12). O grupo formado por quatro pessoas foi preso no bairro José Pinheiro, com cerca de 30 mil roupas, além de drogas, veículos e outros objetos.
De acordo com as informações da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil, que está a frente da investigação, a suspeita é de que os quatro envolvidos tenham envolvimento com os ataques registrados contra lojas em Campina Grande. A ação foi deflagra no fim da tarde.
Com os suspeitos, a Polícia Civil encontrou 30 mil peças de roupas, dois veículos adulterados, cerca de 2 quilos de maconha, baterias veiculares em gel, além de outros objetos, que a Polícia Civil suspeita que sejam roubados.
Os quatro envolvidos foram levados para a Central de Polícia Civil, ainda na noite desta terça-feira. O delegado Cristiano Santana informou que dará mais detalhes sobre a operação e a investigação em uma coletiva marcada para as 10h30 (horário local), desta quarta-feira (13), na Central de Polícia Civil, no bairro Catolé.