1 de agosto de 2015

Banco do Brasil de Tacima: TENTATIVA DE ROUBO É FRUSTADA APÓS AÇÃO POLICIAL NESSA MADRUGADA


A Policia Militar da PB evitou nessa madrugada mais um roubo na agencia do Banco do Brasil de Tacima PB, segundo o Policial Serginaldo Leal que participou da operação, a ação criminosa ocorreu por volta da de 2:00 hs da madrugada. VEJA O QUE POSTOU O POLICIAL EM SUA REDE SOCIAL.

Hoje por volta das 02:00hs da madrugada conseguimos evitar que bandidos conseguissem arrombar os cofres da agência do Banco do Brasil de Tacima,graças a Deus saiu tudo bem na ocorrência ,recebemos de imediato o apoio do comandante do 4• BPM Cel. Valério e da 3•CIA/Araruna Ten. Rodrigues,dos destacamentos da nossa Subunidade e do Choque, Polícia Militar sempre trabalhando em prol da sociedade para que todos vivam em Paz.

Após a çaõ frustada os ladrões conseguiram fugir, deixando para traz as marcas do arrombamento e equipamentos como pé de cabra e Maçaricos.










31 de julho de 2015

Hoje a Noite a LUA estará Azul

Sexta feira, 31 de julho, último dia do mês e dia de Lua Cheia. A segunda Lua Cheia do mês, a tão falada Lua Azul. Não se trata da Super Lua, que vem a ser a Lua Cheia que ocorre quando ela está no ponto da órbita mais próximo da Terra, chamado de perigeu. Muito menos se trata da Lua de Sangue, que é quando a Lua fica com uma cor alaranjada ou avermelhada durante um eclipse lunar. Aliás, esse é um termo bem infeliz. Lua cheia


A expressão “Lua Azul” tem sido usada há pelo menos 400 anos, mas não como sendo a segunda Lua Cheia do mês. Este significado nasceu de um erro ocorrido em 1946 e se tornou popular nos últimos 20 anos. 

Ao longo da história recente da humanidade, esse termo tem sido usado de diferentes formas. Olha só.

No século XVI dizer que a Lua era azul significava exprimir algum tipo de exagero. Dizia-se: “fulano é tão desligado que poderia falar que a Lua é azul!” Esse conceito levou a outra expressão que indicava uma probabilidade bem remota de algo acontecer. Por exemplo, no século XVIII, dizia-se: “eu pagarei minha dívida com você quando a Lua estiver azul!”

Apesar de parecer estranho, já houve algumas vezes em que a Lua se tornou azul de fato. Em 1883, quando o vulcão Krakatoa explodiu na Indonésia, a atmosfera ficou carregada por partículas de poeira e cinzas vulcânicas que fizeram o pôr do Sol ficar esverdeado e deixaram a Lua azul no mundo todo por quase dois anos! 

Sempre que há uma grande quantidade de poeira na atmosfera esse efeito se repete. Foi assim em 1927 na Índia, quando depois de uma enorme seca, uma tempestade levantou toneladas de poeira na atmosfera; ou em 1951 quando um enorme incêndio florestal no Canadá lançou uma enorme quantidade de cinzas que deixaram a Lua com aspecto azulado.

Em tempos mais modernos a expressão Lua azul se tornou um sinônimo de coisa rara, mas também de tristeza. Várias músicas usam esta expressão para associar tristeza e solidão, basta checar algumas músicas de Elvis Presley. 

Já no final dos anos 1980 nos EUA a expressão Lua azul se tornou moda. Foi uma febre que fez milhares de restaurantes e mostras de arte abrirem com este nome. Se você for do meu tempo vai se lembrar daquela série de TV com a Cybill Shepherd e o Bruce Willis em começo de carreira, que no Brasil se chamava “A Gata e o Rato”. Eles tinham uma agência de investigação particular que se chamava “Blue Moon” e o nome original da série era “Moonlighting”. Nessa época Lua azul também significava uma segunda Lua cheia em um mesmo mês. Mas nem sempre foi assim.

Esse é um daqueles casos em que uma definição nasce de um erro e, de tão popular, acaba se tornando a versão oficial. A definição de Lua azul apareceu em um livro chamado “Almanaque do Fazendeiro do Maine” nas edições dos anos entre 1819 e 1962 e em nenhum destes exemplares a definição é esta que conhecemos. 

A explicação que aparece neste almanaque é bem diferente e tem mais a ver com as estações do ano, do que com os meses. É assim:

“Em primeiro lugar considera-se o ano tropical, aquele que começa em um solstício de inverno (21 de dezembro para o Hemisfério Norte) e vai até o solstício de inverno seguinte. A maioria dos anos tropicais consegue conter 12 Luas cheias, três em cada estação do ano portanto. Cada uma delas tem um nome peculiar associado à época do ano, tipo “Lua da colheita”, “Lua do lobo” ou “Lua de neve”. Ocasionalmente, temos um ano tropical com 13 Luas cheias, o que significa que uma das estações do ano deverá ter quatro, ao invés de três. Considere esta estação com quatro Luas cheias, a terceira delas a ocorrer é chamada de Lua azul, conforme o almanaque.

Essa definição começou a mudar em julho de 1943 em uma coluna de perguntas e respostas da tradicional revista norte-americana de popularização de astronomia chamada Sky & Telescope. Laurence J. Lafleur citou o fato de ocasionalmente haver 13 Luas Cheias em um ano, mas não disse que se tratava de um ano tropical. Ainda assim ele não falou nada de duas Luas Cheias em um mesmo mês.

Mas a vaca foi para o brejo mesmo em março de 1946. Na página 3 da edição deste mês, James Pruett, um astrônomo amador que escrevia costumeiramente para a mesma revista, em um especial sobre meteoros, resolveu falar sobre Luas azuis. Ele repetiu uma conclusão do tal almanaque, que dizia que: “Em 19 anos, sete vezes aconteceu (e ainda acontece) de haver 13 Luas cheias em um ano. Isto dá 11 meses com uma Lua cheia e um mês com duas”. Mas concluiu erroneamente: “esta segunda Lua cheia do mês, assim eu interpreto, foi chamada de Lua azul.”

Talvez por ser mais fácil de se entender, a própria revista encampou esta nova definição e passou a tratar desta maneira em suas páginas. Na década de 1980 a onda se espalhou e agora não tem mais volta.

Isto não é uma coisa ruim de todo, quantas pessoas aí não acharam que o novo milênio começava em primeiro de janeiro de 2000? Este erro tem sim implicações mais profundas do que confundir uma Lua azul. Entretanto, uma diferença fundamental pode ser notada das definições. Pelo almanaque, uma Lua azul pode ocorrer em qualquer mês do ano, basta ser a terceira Lua cheia da estação. Já pela definição da revista, não é possível que ocorra uma Lua azul em fevereiro e os meses de 31 dias são os mais prováveis de ter uma. Isto porque o intervalo de tempo entre duas Luas cheias consecutivas (uma lunação) é de 29 dias e uns quebrados. Como fevereiro tem 29 dias redondos, mesmo assim apenas a cada 4 anos, não tem jeito de caber duas lunações.

A Lua não vai ficar azul, mas isso não é motivo para não sair de casa para admira-la. Uma Lua Cheia, em uma noite limpa faz bem de ver e, quem puder, de fotografar.

Operação na região Trairi termina com 15 pessoas presas


A Operação “Anjos Caídos”, coordenada pela Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Natal, desarticulou uma associação criminosa que agia no tráfico de drogas, assaltos e homicídios em cidades como Santa Cruz e Tangará, na manhã desta quinta-feira (30). Foram presos, em cumprimento a mandados de prisão, três mulheres, 12 homens e apreendido um adolescente. Também foram cumpridos 15 mandados de prisão contra criminosos do grupo que já estão detidos em unidades prisionais e cumpridos mandados de busca e apreensão nos locais onde estavam os suspeitos.

A ação da Polícia Civil também contou com o trabalho de policiais civis de várias delegacias da capital e do interior do Estado, do Centro de Inteligência da Secretaria de Segurança e Defesa Social (Seded). A Operação teve o apoio do helicóptero Potiguar 1 da Sesed e da Delegacia Móvel. Durante a Operação, a Polícia Civil conseguiu apreender seis armas, dois quilos de droga (sendo 1,5 kg de maconha e porções de crack e cocaína).

As investigações revelaram que integrantes da associação criminosa, que já estavam presos, mandavam ordens de dentro do presídio para a execução de crimes que vinham acontecendo nas cidades da região do Trairi. O grupo praticou nos últimos meses crimes como assaltos a comércios e homicídios. “Acreditamos que com a desarticulação desta organização criminosa e a prisão destes integrantes na data de hoje, nós iremos elucidar a autoria de vários assassinatos que vinham acontecendo na região”, destacou o delegado da Denarc, Cláudio Henrique.


Foram presos durante a Operação:

1. Alexandre Rodrigues da Silva,27 anos
2.Anderson do Nascimento Ferreira, 28 anos
3.Angelica Patricia de Lima, 20 anos
4.Carlos Vlademir dos Santos, 19 anos
5.Daivid Raul dos Santos Pontes, 23 anos
6.Daniel Rodrigues de Freitas, 22 anos
7.Elisonara Rafael de Oliveira
8.Jamele Tavares de Souza, 19 anos
9.João Paulo de Lima Bezerra, 26 anos
10.Jorge Luiz de Souza Araujo
11. José Ferreira,22 anos
12.Leonardo da Silva , 34 anos
13.Robenilson de Medeiros Rodrigues, 18 anos
14. Viviane Ferreira Bezerra da Silva, 21 anos
15.Vitor Rocha da Costa,19 anos
*Fonte: Assessoria / Degepol

30 de julho de 2015

Dia do Agricultor familiar é comemorado com feira em Passa e Fica

Nesta quinta-feira, 30 de julho, foi comemorado em Passa e Fica o Dia Internacional da Agricultura Familiar. A data faz coro aos debates promovidos em 2014 pelo Ano Internacional da Agricultura Familiar, definido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) para aumentar na sociedade a conscientização e o entendimento dos desafios que os pequenos agricultores enfrentam, como também ajudar a identificar maneiras eficientes de apoiá-los.
Em Passa e Fica o Secretario Wiston reuniu em os agricultores com objetivo de comemorar e comercializar produtos em uma feira que trouce somente produtos de qualidade e bem fresquinhos. Oficinas, Sorteios de brindes e a participação popular alem de artesões fizeram parte das comemorações desse ano. Segundo Pedro Lisboa (PEPEU), esse ano o agricultor tem muito a comemorar começando pelos  aproximados 600 mm de chuvas que cairão no Município, encerrando um período de 4 anos sem chuvas regulares. 
Há mais de 500 milhões de propriedades agrícolas familiares no mundo. Suas atividades rurais são geridas e conduzidas por uma família e contam predominantemente com mão de obra familiar. No Brasil, há mais de 4 milhões de estabelecimentos familiares rurais.
A renda do setor responde por 33% do Produto Interno Bruto (PIB) Agropecuário e por 74% da mão de obra empregada no campo, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Fotos Aderaldo Martins: 









Ossada Humana encontrada em Genipabu pode ser de Mulher de Passa e Fica

Polícia acredita que ossada seja de Lindomara, desaparecida desde 2008 (Foto: Reprodução/Arquivo da família)Polícia acredita que ossada seja de Lindomara,
desaparecida desde 2008, Ela tem parentes 
em 
Passa e Fica (Foto: Reprodução/Arquivo da família)
A Polícia Civil do Rio Grande do Norte encontrou nesta quinta-feira (30) uma ossada humana em Jenipabu, próximo à casa onde morava o caseiro Carlos Alexandre de Andrade, de 38 anos. Ele está preso suspeito de matar a menina Maria Eduarda, de 11 anos, no início deste mês. A polícia acredita que a ossada encontrada seja de Lindomara Soares da Silva, que morava na epoca em Natal mas que tem parentes em Passa e Fica e foi desaparecida em 2008, mas a confirmação só será possível após exames.
De acordo com o delegado Raimundo Rolim, durante os depoimentos do caseiro no caso da morte da menina Maria Eduarda, levantou-se a suspeita de envolvimento dele no desaparecimento de Lindomara. Carlos Alexandre era casado com a mãe de Lindomara na época do desaparecimento. "A hipótese que estamos trabalhando, até pelo histórico do suspeito, é que Carlos Alexandre tenha matado Lindomara e ocultado o corpo", disse.
Ossada foi encontrada próxima à casa onde Carlos Alexandre morava (Foto: Eduardo Rodrigues/Inter TV Cabugi)Ossada foi encontrada próxima à casa onde Carlos Alexandre morava (Foto: Eduardo Rodrigues/Inter TV Cabugi)

Lindomara Soares da Silva, na época com 29 anos, foi vista pela última vez em março de 2008. Ela é filha de uma ex-mulher do caseiro, que foi ouvida pela Polícia Civil nesta semana sobre o caso Maria Eduarda.
A ex-mulher e o caseiro viviam em uma casa próxima a de Lindomara, segundo a polícia. Um dia antes do desaparecimento, Lindomara teria passado o dia com a mãe e voltado à noite para cuidar do filho. Ela nunca mais foi vista. "O suspeito teria afirmado para a ex-mulher que Lindomara foi embora e deixou o filho". Desde então, a ex-mulher do caseiro passou a cuidar da criança.
"A família nunca chegou a fazer boletim de ocorrência, então esse caso nunca chegou ao conhecimento da polícia. Somente com o depoimento é que pudemos relacionar estes dois casos e encontrar uma explicação para o desaparecimento dela", disse o delegado.
Caso Maria Eduarda
O corpo de Maria Eduarda foi encontrado no dia 16 de julho enterrado em uma região de dunas, em Jenipabu, no município de Extremoz. A criança estava desaparecida desde o dia 12 de julho.
Maria Eduarda, de 11 anos, foi achada morta no dia 16 de julho (Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)Maria Eduarda, de 11 anos, foi achada morta no dia
16 de julho (Foto: Divulgação/Polícia Civil do RN)
O caseiro Carlos Alexandre de Andrade, de 38 anos, foi  preso suspeito de ter cometido o crime. Ele  trabalha em um sítio próximo ao local onde o corpo da menina foi enterrado.
Segundo o delegado Raimundo Rolim, na residência do caseiro foi achada uma toalha infantil recortada, cujo pedaço que faltava foi usado para amordaçar a criança. “Quando o corpo de Maria Eduarda foi desenterrado, havia um pedaço de pano enrolado na boca da menina”, afirmou.
Ainda de acordo com o delegado, o suspeito já foi preso duas vezes por estupro. “Ele já cumpriu parte da pena, e atualmente cumpria o restante em liberdade”, acrescentou Rolim. O suspeito nega o crime. O corpo de Maria Eduarda foi sepultado no dia 17 de julho.

Homem é executado com 5 tiros em São José do Campestre


A Policia Militar em São José do Campestre registrou por volta das 23:20 hrs da noite desta quarta-feira (29) um homicídio. Segundo informações do Sgt. PM Freitas, comandante daquele policiamento a vítima foi identificada como Ailton Antonio da Silva, vulgo Carioca de 33 anos.

Segundo a PM a vítima estava se dirigindo para sua residencia na Av. Getúlio Vargas quando foi surpreendido pelos homicidas não identificados até o momento, que dispararam vários tiros na cabeça e corpo, caracterizando assim uma possível vítima de execução.

O Corpo permanece no local à espera do Itep para os procedimentos de praxe.
As investigações ficarão a cargo da Polícia Civil local.
 

Do Blog O Paralelo

Santa Cruz/RN: Mega Operação contou com mais de 120 policiais Civis

Helicóptero Potiguar 1 foi usado nas operações da PM  (Foto: Canindé Soares)

mega operação com cerca de 120 policiais civis participa da operação "Anjos Caídos" em Santa Cruz. Dezenas de mandados de busca, apreensões e prisões sendo executados nesta manhã de quinta-feira (30). 

Para dar suporte a toda a operação uma delegacia móvel e dezenas de viaturas com o apoio de um helicóptero da SESAP está dando suporte a ação policial a mando da justiça. 

Vários homens e mulheres presos nesta operação estão prestando depoimentos. Uma entrevista coletiva está programada para antes do meio-dia.

29 de julho de 2015

Mulher corta os pulsos após se decepcionar ao conhecer pessoalmente homem com quem namorava pela internet

Mulher corta os pulsos após conhecer pessoalmente homem com quem namorava pela internet e se decepcionar
Uma mulher de 23 anos de idade cortou os pulsos após se decepcionar ao conhecer pessoalmente homem com quem ela namorava pela internet.
O incidente aconteceu na província de Heilongjiang, na China, no sétimo andar de um hotel.
Logo que a polícia chegou ao local, a mulher furiosa e decepcionada correu para a varanda e ficou pendurada por uma perna, enquanto gritava: “Você me enganou!”
Mulher da província de Heilongjiang, na China, cortou os pulsos e tentou várias formas de suicídio ao conhecer pessoalmente rapaz com quem namorava pela internet.
Após tirar a mulher da varanda, a polícia separou os dois e tentou acalmá-los individualmente.
71
Repentinamente ela engoliu várias pílulas para dormir e tentou cortar os pulsos com um pedaço de vidro.
Os oficiais imediatamente chamaram uma ambulância para leva-la e tratarem seus ferimentos.
72
Segundo a mãe da mulher, a filha conheceu o rapaz e começou a namorar com ele virtualmente. A família sempre desaprovou o relacionamento dos dois, já que eles tinham 10 anos de diferença um para o outro.
Contra a vontade dos pais, a mulher resolveu viajar para encontrar o amado.
Ela aparentemente sentiu-se decepcionada ao ver o homem pela primeira vez, e tentou cometer suicídio.
Ela não corre risco de morte.

Após derrota, torcedores do ABC quebram carro de atacante no clube

Carro de Kayke quebrado (Foto: Reprodução)
O carro do atacante Kayke, do ABC, foi depredado por integrantes da torcida organizada Garra Alvinegra, logo após a derrota por 1 a 0 para o Ceará, na noite desta terça-feira. Um grupo de cerca de 50 torcedores invadiu o CT Alberi Ferreira de Matos, que fica anexo ao Estádio Frasqueirão, à procura dos jogadores. Informados pelos seguranças que os atletas já haviam saído dos vestiários, quebraram os carros do atacante Kayke e do diretor de futebol do clube, Marcelo Abdon. A polícia precisou intervir para tirar os vândalos do local.
Noiva do atacante Kayke, Marcela Casado usou uma rede social para mostrar sua indignação com o ocorrido. 
- Um absurdo isso! A gente deixa o carro dentro do estádio pensando que está seguro e simplesmente tem o carro destruído por vândalos! Que horror! Que nojo! Inacreditável - escreveu Marcela, que está grávida.
Na postagem, ela recebe a solidariedade de amigos e até mesmo de alguns torcedores do ABC, que disseram que esta atitude não representa a maioria dos alvinegros.

Cantora e Sanfoneiro do Ferro na Boneca deixam a banda


A Vocalista Joélika Diniz e o Sanfoneiro Lamoniê Dantas , dois dos principais integrantes da Banda de Forró Ferro na Boneca, anunciaram no ultimo final de semana a saída de banda. Um novo projeto esta sendo montado e a dupla deve compor um novo nome no mundo das atrações de forró que breve será anunciado como disse a cantora em uma recente publicação em suas redes sociais.



 Veja o que disse Joélika em sua rede social:



Hoje viemos informar uma nova fase na nossa carreira. Primeiramente queremos anunciar o nosso desligamento do Forrozão @ferronaboneca 


No qual saímos com a sensação de dever cumprido e de ter realizado um lindo trabalho com muito profissionalismo no decorrer desses 2 anos.


Queremos agradecer aos nossos companheiros de trabalho que sempre estiveram ao nosso lado na mesma batalha, aos amigos da cidade de Caraúbas-RN que nos acolheram tão bem, á todos do @gruposaiarodada pela oportunidade nos dada.

Queremos agradecer em especial aos nossos fãs e amigos que sempre nos acompanharam, contamos com o apoio de todos nessa nova etapa das nossas vidas!
Em breve lançaremos o nosso novo projeto, buscando sempre fazer o nosso melhor, com qualidade e profissionalismo!


Atenciosamente:
Joélika Diniz & Lamoniê Dantas

Ministério Público Federal do RN investiga site que divulga e vende dados pessoais

tri65i33w
O Ministério Público Federal abriu inquérito para investigar o site Tudo Sobre Todos por conta da divulgação e venda de dados pessoais na internet. O Procurador Geral do MPF do Rio Grande do Norte, Kléber Martins de Araújo está a frente das investigações.
Na última semana, ganhou bastante destaque e causou polêmicas nas redes sociais. Inclusive, o Tudo sobre todos foi alvo de uma petição pública que já tem 45 mil assinaturas pedindo o fim do sistema.
De acordo com o MPF, “é óbvio que a existência de tal banco de dados, em princípio, representa uma violação às causas constitucionais de inviolabilidade da intimidade, da vida privada e dos dados das pessoas (art 5º, X e XII, da Constituição Federal), que só podem ser excepcionadas, nas hipóteses legais, para que o Estado investigue e puna a prática de crimes, jamais para que particulares vasculhem livremente a vida privada uns dos outros e muito menos, o que é pior, com o objetivo de cometer fraudes de toda a espécie, valendo-se indevidamente dos dados pessoais de terceiros, à revelia destes”
Segundo a assessoria do MPF/RN, nesta terça-feira (28), o caso ainda está sendo investigado, o procurador está realizando pesquisas, e em  breve é que se terá uma ação concreta.
Além, do nome, o site disponibiliza o sexo, data de nascimento, a cidade, bairro em que a pessoa mora, e CEP onde a pessoa mora, e até um mapa mostrando o perímetro da sua casa. Em alguns casos, as informações estão desatualizadas, mas em outros, até os nomes dos vizinhos aparecem relacionados ao perfil que é buscado.

28 de julho de 2015

Vídeo mostra vaqueiro sendo atingido por descarga elétrica durante competição na PB

Um homem foi atingido por uma descarga elétrica durante uma vaquejada na cidade de São João do Rio do Peixe (Sertão do estado, a 500 km de João Pessoa), na semana passada. Imagens feitas por um cinegrafista amador e que mostram o momento do acidente foram compartilhadas nas redes sociais nesse domingo (26). Assista abaixo.
No vídeo, a vítima aparece em uma disputa entre vaqueiros, cujo objetivo é derrubar um boi solto na arena. O homem estava montado em um cavalo e, em certo momento, bate contra uma cerca, que estaria energizada. As imagens mostram o vaqueiro com uma das mãos na cerca e se debatendo.  Pessoas que assistiam a disputa conseguiram fazer com que a vítima soltasse a cerca. O cavalo não resistiu ao choque e morreu.
O Regional Online entrou em contato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Cajazeiras, que atende a região, mas o plantonista não soube informar se a ocorrência foi registrada pelo serviço.
Veja o momento em que o vaqueiro é atingido pela descarga elétrica:

Na lógica de Dilma, Lava Jato é culpa de índios


A hipocrisia é uma característica muito comum dos governos em apuros. Mas Dilma Rousseff exagera. Quando declarou, a portas fechadas, que a Lava Jato derrubou um ponto percentual do PIB, a presidente deixou de mencionar que a operação é uma reação da PF e da Procuradoria à roubalheira que viscejou na estatal durante os 13 anos de governos petistas.
Quando Lula governou o país, não hesitou em levar a Petrobras ao balcão. Decerto pensou que, sob o patrocínio de PT, PMDB e PP, as diretorias e subsidiárias da estatal seriam geridas sob critérios tecnicamente impecáveis. Mas o que se poderia esperar de prepostos de Renans e Collors senão gestões indignas?
Pelo menos R$ 7,5 milhões em verbas sujas extraídas da Petrobras foram parar na caixa registradora da campanha presidencial de Dilma. A presidente diz que seu oponente Aécio Neves bebeu da mesma fonte. E se declara chocada com a suposição de que o dinheiro possa não ser legal.
Considerando-se o pensamento cartesiano de Dilma, ela deve achar que a Lava Jato é culpa dos índios, que não puseram os portugueses para correr naquele fatídico 22 de abril. Num Brasil habitado exclusivamente por índios haveria vantagens e desvantagens. A desvantagem é que você, caro leitor, não existiria. Em compensação, também não existiriam a Dilma e seus raciocínios tortos.

PF deflagra 16ª fase da Lava Jato e mira braço da Eletrobras

Sede da Polícia Federal em Curitiba (PR)
Sede da Polícia Federal em Curitiba (PR)(Vagner Rosário/VEJA)
A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira a 16ª fase da Operação Lava Jato - e mira contratos firmados pelo clube do bilhão com a Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras. Cerca de 180 policiais federais cumprem 23 mandados de busca e apreensão, dois de prisão temporária e cinco de condução coercitiva nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro, Niterói, São Paulo e Barueri. Batizada Radioatividade, a operação tem também como objetivo investigar formação de cartel, pagamento de propina a empregados da estatal e o prévio ajustamento de licitações nas obras da Angra 3.
A Lava Jato chegou ao setor elétrico depois de o executivo Dalton Avancini, da Camargo Corrêa, ter afirmado, em depoimentos prestados após acordo de delação premiada, que o cartel de empreiteiras formado na Petrobras continuava a se reunir para discutir o pagamento de propinas a dirigentes da Eletrobras e da Eletronuclear, mesmo depois do estouro das investigações sobre o petrolão. Entre os alvos de mandado de prisão temporária está o presidente afastado da Eletronuclear Othon Luiz Pinheiro da Silva. De acordo com Avancini, ele recebeu propina das empreiteiras
Em relação a Angra 3, Avancini afirmou que o processo licitatório das obras da usina incluíam um acordo com a Eletronuclear para que a disputa fosse fraudada e direcionada em benefício de empresas como a Camargo Corrêa, UTC, Odebrecht, Andrade Gutierrez, Queiroz Galvão, Technit e EBE - todas elas reunidas em dois consórcios. "Já havia um acerto entre os consórcios com a prévia definição de quem ganharia cada pacote", disse o delator, que também afirmou que propina deveria ser paga a funcionários da Eletronuclear, entre eles o presidente afastado da entidade Othon Luiz Pinheiro da Silva. Em agosto de 2014, em uma reunião convocada pela UTC Engenharia, o delator afirmou que foi discutido o pagamento de propina de 1% ao PMDB e a dirigentes da Eletronuclear.