17 de agosto de 2017

Polícia prende foragido número 1 do RN

Asclepíades Santos de Souza foi preso na BR-101 em São José de Mipibu (Foto: Divulgação/ Sejuc)
Foi preso na manhã desta quinta-feira (17), na Grande Natal, o foragido número 1 da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Norte. Asclepíades Santos de Souza, conhecido como Pi, tinha quatro mandados de prisão em aberto, era fugitivo da Penitenciária de Alcaçuze conhecido pela 'violência' com a qual agia em assaltos.
Pi tem processos por tráfico, homicídio qualificado, roubo e roubo majorado. Também teria envolvimento com arrombamentos de bancos. Segundo a Delegacia de Capturas, ele é suspeito de vários assassinatos. Dentre os crimes que são atribuídos ao preso, está o assalto à propriedade do ex-senador Fernando Bezerra.
A prisão aconteceu por volta das 10h40, executada pela Polícia Rodoviária Federal no Km 111 da BR-101, em São José de Mipibu. Os policiais ordenaram a parada de um veículo modelo Corsa e o motorista não obedeceu, tentando fugir pela marginal. Ele tinha sido localizado após informação repassada pelo Disque Denúncia do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN. O número é 127.
De acordo com a PRF, ao tentar fugir, ele perdeu o controle do veículo e bateu. Junto a Asclepíades estava a mulher dele, que também tem mandado de prisão por tráfico de drogas. Com eles, foi encontrada uma arma calibre 38 modificada para receber munição 357. O homem usava documentos falsos.
Os presos foram encaminhados para a 1º Delegacia de Polícia de Parnamirim.
Segundo a polícia, Pi passou por uma barreira policial com um comparsa no começo de 2017, em Felipe Camarão, Zona Oeste de Natal. Eles foram perseguido e na troca de tiros Michael Schuhmacher foi baleado e morto. Asclepíades fugiu.
Arma e munições foram apreendidas com Asclepíades Santos Souza (Foto: Michelle Rincon/ Inter TV Cabugi)Arma e munições foram apreendidas com Asclepíades Santos Souza (Foto: Michelle Rincon/ Inter TV Cabugi)Arma e munições foram apreendidas com Asclepíades Santos Souza (Foto: Michelle Rincon/ Inter TV Cabugi)

Governo do RN recebe proposta que exige devolução de agentes de segurança cedidos a outros órgãos


O Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Foseg-RN) – entidade que reúne as instituições de segurança pública que atuam no estado – apresentou ao Gabinete Civil do governo a proposta que busca a realização de um censo, uma auditoria a ser feita pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), para que o próprio estado saiba quantos são e onde estão cedidos os agentes de segurança que não estão trabalhando diretamente no combate à criminalidade. O objetivo é acabar com os casos de desvio de função.
Com o resultado do censo em mãos, o Foseg pede que o governador publique um decreto determinando o retorno imediato dos agentes cedidos por 60 dias. E mais: que 2/3 do efetivo que trabalha em setores administrativos dos próprios órgãos de segurança passem a exercer atividades operacionais.
A reunião com a secretária-chefe Tatiana Mendes Cunha aconteceu na noite desta quarta-feira (16). A delegada Sheila Freitas, secretária da Segurança Pública e da Defesa Social, participou da apresentação.
“Fizemos a apresentação da mesma proposta que já havíamos entregue ao comando geral da PM no início do mês. Agora, nas mãos da secretária-chefe do Gabinete Civil e da própria Secretaria de Segurança, acreditamos que possamos dar um passo importante para a concretização dessa auditoria. Nossa ideia é que esse trabalho seja feito pelo Tribunal de Contas do Estado”, ressaltou Dalchem Viana, presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte, um dos representantes do fórum.
Além da missão de acabar com os desvios de função e reforçar o efetivo nas ruas, o Foseg também apresentou outras alternativas para aumentar o efetivo sem que seja necessária a realização de concursos públicos, uma vez que o estado passa por dificuldades financeiras. “A devolução de agentes da segurança cedidos a órgãos administrativos está na pauta, mas também pedimos uma presença maior da Força Nacional, que está em Natal desde as rebeliões que ocorreram em janeiro em Alcaçuz”, acrescentou José Antônio Aquino, que preside o Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do RN, também representante do fórum.
As propostas apresentadas ao governo foram elaboradas em conjunto com a Comissão de Segurança Pública e de Política Carcerária da Ordem dos Advogados do Brasil no RN.

Somente este ano, mais de 1.500 pessoas já foram assassinadas em território potiguar – um aumento de mais de 25% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados do próprio estado.
Operação Esquenta 
Dalchem Viana ressalta que, após finalizada a auditoria, o governo determine que os servidores cedidos retornem às suas respectivas instituições e sejam utilizados em operações der saturação. “Temos certeza que o Estado, hoje, não sabe quantos são. Contudo, estimamos que, para cada servidor que atua nas ruas, existam pelo menos três exercendo serviços burocráticos”, afirmou.

Ainda de acordo com Dalchem, com os agentes cedidos devolvidos aos seus postos de origem, a meta é a realização de uma grande ação conjunta denominada ‘Operação Esquenta’.
“Queremos todo mundo longe de gabinetes, longe do ar-condicionado. Queremos todos envolvidos em operações, no calor das ruas. Por isso o nome esquenta”, explicou.
O Fórum
O Fórum de Segurança Pública do Rio Grande do Norte foi criado em 2015 com a missão de promover debates, traçar estratégias, ações e propostas para o aparelhamento e desenvolvimento do setor. É composto pelo Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do RN (Sinpef-RN), Associação dos Bombeiros Militares do RN (ABM-RN), Associação dos Cabos e Soldados da PM do RN (ACS-PMRN), Associação dos Guardas de Trânsito do RN (AGT), Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBM-RN), Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp-RN), Sindicato dos Guardas Municipais do RN (Sindguardas-RN), Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do RN (Sinpol-RN) e Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do RN (Sinprf-RN).

Dois homens são encontrados mortos no porta-malas de carro em Taipú


Dois homens foram encontrados mortos, na manhã desta quinta-feira (17), no porta-malas de um veículo, em uma estrada que dá acesse ao assentamento Barbará, no município de Taipu, distante 57 quilômetros de Natal. As vítimas ainda não identificadas foram alvos de tiros.
De acordo com informações da polícia local o duplo assassinato pode ter ocorrido na madrugada, isso porque alguns moradores da região ouviram tiros por volta de 1h. O veículo modelo Chevrolet Vectra estava com as portas abertas e parado em meio a uma mata da região. Um produto químico foi espalhado em alguns pontos do interior do carro para dificultar a perícia de digitais.
A Polícia Civil, assim como uma equipe do ITEP foram acionadas para dar início aos procedimentos investigativos e identificatórios. A dupla execução pode ter ligação com uma série de assassinatos registrada nos últimos meses em comunidades de Ceara-Mirim, Ielmo Marinho e em Taipu.

Bandidos fazem arrastão em ônibus escolar e levam pertences de todos os alunos

Assalto aconteceu na noite desta quarta (16) em São José de Mipibu. Criminosos levaram os pertences dos 20 alunos.


Resultado de imagem para Bandidos fazem arrastão em ônibus escolar

Dois homens armados fizeram um arrastão em um ônibus escolar que transportava alunos do ensino médio na zona rural de São José de Mipibu, na Grande Natal, na noite desta quarta-feira (16). Segundo a Polícia Militar, dois homens armados pararam o veículo e levaram todos os pertences dos estudantes e do motorista.
Conforme a PM, o motorista disse que foi abordado pelos homens quando estava deixando um dos alunos em uma parada, por volta das 22h40, perto da comunidade Cidade de Deus. Havia cerca de 20 jovens no veículo no momento em que ocorreu o crime. As vítimas estudam em colégios do centro da cidade e moram na área rural.
Os estudantes contaram que foram obrigados a entregar os celulares e outros pertences. Muitos adolescentes relataram ter sido ameaçados com o revólver. Depois de roubar os aparelhos, os criminosos fugiram.

Prefeito Léo Lisboa anuncia para breve construção de Pórtico na entrada da Cidade na RN 269

A imagem pode conter: texto

MODERNA, ILUMINADA e dentro dos padrões de MOBILIDADE URBANA.

É assim que caracterizo a repaginada que será realizada na entrada da cidade, sentido Nova Cruz na RN-269.

Será instalado um pórtico, com arborização e iluminação adequada nas proximidades da escola Mario Manso e pensando na mobilidade urbana, na segurança dos que trafegam, bem como dos perdestes e moradores, faremos a duplicação da Avenida Vereador Manoel Felix.

Uma das principais avenida da cidade, receberá 17 postes para que toda a via fique altamente iluminada e tornando o trânsito naquele setor mais seguro.

O projeto já foi aprovado pelo Ministério do Turismo e alimentado no sistema de convênios.

Em breve, mais uma grande realização da nossa gestão que pensa no futuro de Passa e Fica.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Da Pagina Oficial do Prefeito Léo Lisboa

Vítima de grave acidente entre Guarabira e Cuitegi morre em João Pessoa


A jovem Glauce Kelly Clementino da Silva, de 31 anos, vítima de um grave acidente envolvendo um carro e moto na noite do último domingo (13/8), nas imediações do Motel Passione, na ladeira do Maribondo, na rodovia PB-075, entre Guarabira e Cuitegi, veio a óbito nesta quarta-feira (16/8).
Desde sua internação, a guarabirense seguia internada em estado grave no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena em João Pessoa (PB).
Ela trafegava na garupa da moto sem o uso do capacete e, no impacto, teria sofrido um corte profundo na perna e batido a cabeça no para-brisa do carro. No instante do atendimento, segundo testemunhas, ela apresentava sangramento e estava desacorda.
Amigos e familiares lamentaram a morte em citações nas redes sociais.
Do Manchete PB

Fiscalização flagra empresários e servidores públicos no Bolsa Família; benefícios são bloqueados

Mais de 1 mil benefícios do programa social Bolsa Família foram bloqueados na cidade de Piancó, no Sertão paraibano. A decisão aconteceu depois que a Controladoria Geral da União na Paraíba (CGU-PB) cruzou dados do programa federal com bancos de informação e constatou que empresários e até servidores da prefeitura e da câmara de vereadores do município estavam cadastrados.

De acordo com os dados da CGU, ao todo haviam 2.750 pessoas inscritas no programa Bolsa Família, sendo que pelo menos 1.079 cadastros foram bloqueados após o cruzamento de dados. Uma queda de 39,2% na quantidade de beneficiados no município.
Ainda conforme os dados, cerca de 54% da população do município, que possui 15.000 habitantes, é coberta pelo programa social, um número considerado bastante elevado.
Segundo a Secretária de Desenvolvimento Social de Piancó, Antônia Regina, a controladoria constatou as irregularidades depois que visitou uma parte das pessoas que estavam cadastradas no programa. “Foram 38 famílias visitadas e através dessas visitas foram detectados ou não dentro do padrão de pobreza e extrema pobreza exigidos pelo programa (para recebimento do benefício)”, explicou.
A estimativa é que nos últimos três anos mais de R$ 84 mil foram repassados indevidamente para pessoas da cidade através do Bolsa Família. Entre as irregularidades, a CGU encontrou cadastrados que possuíam bens móveis e até empresas no nome.
A Controladoria Geral da União informou que os bloqueios acontecem quando o órgão constata alguma incoerência dos dados ou falta de informações no cadastro e o próprio sistema do Bolsa Família faz o bloqueio automaticamente.
Contudo, o corte não é definitivo e quem se sentir prejudicado com a medida pode recorrer e desbloquear o benefício. Basta procurar a sede do Bolsa Família na respectiva cidade em que mora.
“Outras cidades da Paraíba irão receber visitas devido o recebimento indevido de empresários e funcionários que não se enquadram no programa, podendo até devolver o recebido”
Regional Online com G1

Belém, casal é detido acusado de manter ponto de drogas


Casal detido

Policiais militares e civis prenderam, nesta quarta-feira (16), na cidade de Belém, um homem de 19 anos de idade e também apreenderam a esposa dele, uma adolescente de 15 anos, acusados de tráfico de drogas.
O casal morava em residência situada em uma localidade conhecida como Favela onde, segundo informações passadas aos policiais, funcionava um ponto de venda de drogas. A prisão e a apreensão foram feitas por policiais do Núcleo de Inteligência e do Comando do 4º BPM (Batalhão de Polícia Militar), juntamente com policiais civis do Grupo Tático Especial da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, coordenados pelo delegado Fábio Facciolo.
Quando os policiais chegaram na residência do casal, a adolescente ainda tentou fugir e jogou uma bolsa, que foi localizada e dentro dela foram encontradas 17 pedras de uma substância semelhante a crack, prontas para a comercialização, e R$ 111 em dinheiro. Ela foi apreendida e informou que o dinheiro pertence ao seu esposo, que foi localizado e preso nas proximidades da residência. Na delegacia, ele confirmou que a droga e o dinheiro lhe pertenciam.
O homem foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e foi encaminhado para a cadeia de Belém para aguardar a audiência de custódia. A adolescente foi autuada em flagrante pelo ato infracional semelhante ao crime de tráfico e está à disposição da Justiça.
ManchetePB

16 de agosto de 2017

Em tribunal no RN, mulher é presa com drogas durante julgamento do marido

Fórum Dr. Silveira Martins, em Mossoró (Foto: Josemário Alves/Mossoró Hoje)
Uma mulher de 24 anos foi presa na manhã desta quarta-feira (16) ao ser flagrada com drogas dentro do Fórum Municipal Dr. Silveira Martins, em Mossoró, cidade da região Oeste potiguar. A suspeita, segundo a Polícia Militar, foi ao tribunal para acompanhar o júri popular do marido dela, que é acusado de um homicídio na cidade.
Ao G1, o sargento Carlos Moura, do 12º Batalhão da PM, contou que a droga foi encontrada quando a mulher passou pela revista, logo que entrou no tribunal. “As pessoas, quando chegam para acompanhar os julgamentos, são revistadas. E com ela foram encontradas pequenas porções de maconha e cocaína”, revelou.
Depois de receber voz de prisão, a mulher foi levada para o 1ª Distrito Policial de Mossoró, onde foi autuada em flagrante. Em razão da pequena quantidade de entorpecentes, ficou caracterizada que a droga seria para consumo próprio. Por este motivo, ela assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência e foi liberada.

Júri popular

O marido da suspeita é Jefferson da Silva Sousa, de 24 anos, acusado de matar a tiros Antônio Magns de Souza Silva. O crime aconteceu em agosto de 2011, em Mossoró. Até a última atualização desta matéria, o júri ainda não havia acabado.
Droga encontrada com a mulher, revistada ao entrar no fórum  (Foto: Lindomar Ferreira/Mossoró Hoje)Droga encontrada com a mulher, revistada ao entrar no fórum  (Foto: Lindomar Ferreira/Mossoró Hoje)Droga encontrada com a mulher, revistada ao entrar no fórum (Foto: Lindomar Ferreira/Mossoró Hoje)

Petrobras reduzirá preço da gasolina em 1,4% e diesel 0,1% nas refinarias


A Petrobras anuncia redução dos preços dos combustíveis para esta quarta-feira, 17, nas refinarias, de 1,4% para a gasolina e 0,1% para o diesel.
A nova política de revisão de preços foi divulgada pela petroleira no dia 30 de junho. Com o novo modelo, a Petrobras espera acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores.
Em vez de esperar um mês para ajustar seus preços, a Petrobras agora avalia todas as condições do mercado para se adaptar, o que pode acontecer diariamente. Além da concorrência, na decisão de revisão de preços, pesam as informações sobre o câmbio e as cotações internacionais.

Câmara Criminal destaca necessidade de medidas na Segurança pública do RN


Os desembargadores que compõem a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RN reforçaram a necessidade de apoiar as Polícias Militar e Civil potiguares, diante do quadro “crítico” da Segurança pública no Estado. A moção foi motivada pelas duas tentativas de assalto, sofridas ontem (14) por dois desembargadores da Corte potiguar, os magistrados Claudio Santos e Virgílio Macedo Jr.
“Nossa moção é um simples reconhecimento à pronta ação do sargento que soube agir com profissionalismo e frieza diante da ação dos bandidos”, comentou o desembargador Gilson Barbosa, que iniciou a avaliação sobre a necessidade de se reforçar o efetivo policial no Estado, bem como as estruturas das delegacias civis.
“Não é que a gente queira que isso se torne comum, mas foi um ato de bravura”, concordaram os desembargadores Glauber Rêgo e Saraiva Sobrinho, ao definirem a fase atual da segurança pública no RN como “difícil” e que requer medidas urgentes.
Já a promotora Isabela Lúcio, que representa o Ministério Público nas sessões da Câmara Criminal, definiu como igualmente “urgente” a necessidade de se julgar com mais clareza as ações que demonstram atos que atestam a legítima defesa nesses casos.
“Um policial não pode ser julgado levianamente ou um cidadão precipitadamente porque, legitimamente, buscou se defender de um ato criminoso. Parabenizo, em nome do MP, o sargento que fazia a segurança do desembargador Virgílio”, define a promotora.

15 de agosto de 2017

Comissão aprova projeto que dá 30 dias para realização de exames pelo SUS

Wilson Filho (PTB)
O projeto de Lei 4387/2016, de autoria do deputado federal Wilson Filho (PTB, que estabelece prazos para realização de exames no Sistema Único de Saúde (SUS) foi aprovado pela Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados. De acordo com a propositura, o prazo para exames de rotina ou eletivos será de 30 dias e de quinze dias em casos de urgência. A matéria ainda passará por outras comissões na Casa até ir à votação em Plenário.
“Verificamos que muitas pessoas acabam morrendo ou tem o seu problema agravado pela demora na realização de exames médicos. Não podemos aceitar que as pessoas demorem meses a espera desse tipo de atendimento. É necessária a organização do sistema para atender a demanda. Como isso não acontecendo, sugerimos que as mudanças aconteçam por meio de uma lei”, explicou.
O projeto estabelece que caso os prazos estabelecidos não sejam obedecidos, a autoridade sanitária responsável deverá emitir autorização imediata para a sua realização do exame na rede privada de saúde. O texto diz ainda que a desobediência às determinações implica em multa aos infratores, que deve ser estabelecida em regulamento, sem prejuízo das penalidades cíveis e penais aplicáveis.
De acordo com o deputado, muitas vezes, quando não há filas intermináveis para o atendimento, o usuário se depara com prazos inaceitáveis para a realização dos exames solicitados. “Essa demora traz prejuízos enormes aos cidadãos que dependem do sistema público de saúde, pois há o risco de agravamento dos seus quadros clínicos e, até mesmo, a inviabilização de que se realizem procedimentos que poderiam diminuir o sofrimento ou salvar uma vida”, constatou.
Wilson Filho lembrou ainda que há o desgaste emocional e físico dos pacientes que têm de perambular por estabelecimentos a fim de terem seus exames realizados e, muitas vezes, adiados sem aviso prévio.

Reforma política será votada nesta quarta em plenário, diz Maia

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou aos líderes nesta terça-feira que vai votar amanhã a reforma política. A ideia é começar a sessão às 9h da manhã. Primeiro, deverá ser votado um requerimento de quebra de interstício para que não haja o prazo de duas sessões entre a comissão e o plenário e que o texto comece a ser votado nesta quarta-feira.
Segundo interlocutores, a ideia é usar o rolo compressor para acabar logo para que seja garantida a aprovação do fundo eleitoral de R$ 3,6 bilhões para a campanha e o distritão. Na reunião, Maia disse aos parlamentares que o é preciso votar logo a PEC relatada pelo deputado Vicente Cândido (PT-SP).
O líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira (AL), disse que nenhum partido se opôs ao cronograma de Maia. Nos bastidores, a avaliação é que as críticas ao fundo e ao distritão vêm aumentando e que é melhor votar logo antes que as reações aumentem. Os políticos estão mais preocupados com o fundo eleitoral para financiar suas campanhas.
— O presidente colocou a pauta para amanhã. E ninguém se opôs — disse Arthur Lira.
O requerimento pedindo que quebra de intervalo entre a comissão, que encerrou hoje os trabalhos, e o plenário deverá ser apresentado pelo PMDB, na abertura da sessão. São necessários 257 votos para aprovar a quebra de intervalo.
A expectativa é que o texto principal da Proposta de Emenda Constitucional que cria o fundo eleitoral e o distritão para 2018 seja aprovado nesta quarta-feira, e alguns destaques fiquem para a semana seguinte. O PPS e PSB não concordam com a pressa, mas sabem que o requerimento deverá ser aprovado, porque todos os líderes hoje já estão se mobilizando inclusive para limpar a pauta do plenário.

O Globo

Carro de motorista de Uber desaparecida é encontrado com corpo carbonizado



O carro da motorista de Uber Suetânia dos Santos Nascimento, de 29 anos, foi encontrado com um corpo carbonizado dentro, em uma região de canavial, em Arez. Suetânia reside em Parnamirim e, na última sexta-feira (11), saiu para trabalhar e não deu mais notícia.
A família então passou a procurar pela mulher e o caso a ser tratado como desaparecimento. Na tarde desta segunda-feira (14), o carro da motorista de Uber, um Nissan March, foi encontrado na região de Arez totalmente queimado.
Nesta terça-feira (15), familiares da vítima confirmaram que o veículo é mesmo o de Suetânia, através de documentos. O corpo encontrado carbonizado dentro do carro, no entanto, ainda não foi oficialmente identificado.
Ele foi levado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia, em Natal. Como está carbonizado, a identificação deverá demorar alguns dias.

APÓS PUBLICAR FOTO COM PEIXE AMEAÇADO DE EXTINÇÃO, HENRI CASTELLI É MULTADO EM R$ 5 MIL

Após publicar uma foto em que aparece com um peixe de grande porte ameaçado de extinção e ser alvo de críticas nas redes sociais, o ator Henri Castelli será penalizado com uma multa no valor de R$ 5 mil, conforme auto de infração lavrado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).
"O Ibama encaminhou nesta segunda-feira (14/08) auto de infração no valor de R$ 5 mil ao ator Henri Castelli. Ele foi multado por transportar espécie ameaçada de extinção. O crime será comunicado ao Ministério Público Federal (MPF) para apuração de responsabilidade penal", diz a nota do Ibama enviada à imprensa na tarde desta terça-feira.
Na foto publicada na última sexta-feira, ele posa com um grande exemplar de mero na garupa de uma moto em uma praia de Maceió, em Alagoas, dando a entender que ele mesmo teria pescado. Com a repercussão negativa entre internautas, ele excluiu o post, que continha ainda uma hashtag dizendo "vida de pescador não é fácil". Mas a imagem continua circulando na web.


Foto: Henri Castelli tem 1,8 milhões de seguidores no Instagram, onde publicou a foto polêmica
O mero é considerado um dos maiores peixes da costa brasileira, podendo atingir mais de dois metros de comprimento e pesar mais de 400 kg. Sua fase de reprodução só começa quando ele atinge de 1,1 a 1,2 metro - entre 4 e 7 anos de idade - sendo que pode viver mais de 40.
O órgão ambiental do governo federal explicou que o caso se enquadra na Lei nº 9.605/1998 (Lei de Crimes Ambientais). De acordo com o Decreto nº 6.514 /2008, Art. 24, a quem "matar, perseguir, caçar, apanhar, coletar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida" será aplicada multa de "R$ 5.000,00 (cinco mil reais), por indivíduo de espécie constante de listas oficiais de fauna brasileira ameaçada de extinção, inclusive da Convenção de Comércio Internacional das Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção - CITES", conforme o inciso II.
Procurado pelo EXTRA, Henri Castelli declarou, por meio de sua assessoria de imprensa, que reconhece o erro, cometido sem intenção ou conhecimento, frisando ainda que o mero registrado na foto não foi pescado por ele:
"Na semana passada, fiz uma brincadeira ao ser abordado por um pescador que me pediu para tirar uma foto. Ele carregava em sua moto um peixe muito bonito. Eu não matei o peixe e tampouco sabia que aquele tratava-se de um Mero. Foi um momento rápido e de distração em que tirei e publiquei uma foto, da qual me envergonho agora. Momento infeliz. Entrei na brincadeira do pescador e não reconheci o Mero - um dos peixes mais incríveis que já vi no fundo do mar. Admito que errei, condeno a pesca e caça de espécies ameaçadas de extinção e tenho o maior respeito pela natureza e pelos animais. Peço desculpas pelo mau exemplo e agradeço as mensagens de apoio e carinho que recebi", diz a mensagem.